Carro & Direção

Perco a garantia se não trocar o óleo na autorizada?

Existe uma grande preocupação dos proprietários de veículos quanto às garantias fornecidas pela montadora quando da ocasião da compra. Troca de peças, pneus… Enfim, tudo merece muita atenção. Mas e se em dado momento o proprietário optar por uma troca de óleo fora da rede de concessionárias autorizada, existe risco de perda da garantia? Nós explicamos para você.

A resposta é, talvez. Ao comprar o veículo zero Km na concessionária, o ideal é questionar sobre o que pode ou não fazer para não perder a garantia oferecida. A montadora, por exemplo, não pode se responsabilizar por defeitos apresentados no veículo por falta de substituição de um item que estava destacado na manutenção preventiva que não foi realizada ou pela substituição do item de forma equivocada por uma oficina mecânica. Entretanto, se o defeito apresentado não tiver nenhuma relação com o óleo utilizado, por exemplo, a garantia deve valer.

A troca de Óleo

Uma das maiores razões que fazem o proprietário fugir das concessionárias é o preço, que costuma ser mais alto que os praticados pelas oficinas convencionais. Uma maneira de economizar sem abrir mão da garantia é perguntar sobre a possibilidade de comprar, por exemplo, o óleo fora da rede.

Como o produto não é produzido pela montadora, o consumidor pode, em tese, comprá-lo em uma outra loja, desde que a especificação seja a mesma. Com isso, a concessionária realizaria apenas a substituição, cobrando só a mão de obra.

O fato é que existem muitas oficinas de troca de óleo e postos que são honestos. Se deram a nota é porque trocaram o produto; se especificaram um determinado óleo, é porque foi aquele mesmo. Mas existem algumas tantas empresas desonestas que cobram, mas nem substituem o produto. Ou põem na nota que o óleo é o recomendado pela fábrica, mas colocaram outro mais barato. É por isso que a fábrica reluta em confiar em qualquer oficina, exigindo que a troca ocorra na concessionária.

Antes de fazer a substituição, o ideal é conversar com a montadora, verificando todos os impedimentos e soluções para economizar e, ao mesmo tempo, não perder a garantia.

Filtro

Sempre reforçando a importância da troca de óleo de forma regular, pois, sem ele, o carro não funciona perfeitamente. Alguns fabricantes também recomendam que o filtro seja trocado junto com o óleo, ou a cada duas trocas, já que ele é fundamental para impedir que impurezas cheguem até o motor. Muitas vezes, a peça concentra sujeira a ponto de dificultar a passagem do óleo, o que pode causar falhas na lubrificação.

Vale lembrar que, de modo geral, a revisão do veículo deve ser feita a cada seis meses ou após 10 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro. Contudo, o prazo exato consta no manual do proprietário do veículo, que oferece a palavra final em quase tudo que diz respeito ao modelo em questão.

Etiquetas
Ver mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Navegação off-line

Fechar