Gastronomia

Aprenda a harmonizar a cerveja com a sua refeição favorita

A cerveja constantemente está bem acompanhada de uma porção caprichada nos botecos da vida. Mas você já pensou em harmonizá-la com outras refeições? Com a grande variedade de estilos disponíveis atualmente, pode parecer uma missão impossível essa tarefa. Afinal, é possível combinar a cerveja com sabores que podem ir dos mais simples aos mais sofisticados, do prato principal às sobremesas. Entretanto, não se preocupe! Nós vamos ajudar você a solucionar esse caso.

Parceria
Antes de iniciarmos os ensinamentos, vale destacar: seja qual for o tipo escolhido, o Km de Vantagens tem dois parceiros que entendem tudo sobre o assunto. O Clube da Cerveja oferece assinatura mensal. Já a Loja das Cervejas tem uma incrível variedade de rótulos. Claro, participantes do maior programa de fidelidade do Brasil têm descontos. Saiba mais em kmdevantagens.com.br.

Outra dica importante: cerveja boa precisa esta gelada! Por isso, as lojas am/pm possuem a Beer Cave, um ambiente climatizado com mais de 100 rótulos na temperatura perfeita. No espaço é possível encontrar opções nacionais, importadas e até artesanais.

Divisão
Agora vamos começar a falar sobre a harmonização. Primeiramente, é preciso saber que, essencialmente, as melhores cervejas se dividem em duas famílias principais: Lager e Ale. Dentro de cada grupo há vários subtipos.

Entre as Lager, alguns estilos se destacam; pilsen, ou american lager, que são mais claras, com pouco amargor e baixo teor alcoólico; dark lager, com cervejas mais escuras e bom teor de refrescância, como Malzibier, por exemplo; e Bock, mais avermelhado, com bastante malte e alto teor alcoólico.

Já entre as Ale temos, por exemplo, a India Pale Ale (IPA), carregada no amargor, inventada para atender o gosto dos colonos ingleses na Índia. Já a Stout é negra e pode variar muito em teor alcoólico, corpo e amargor ou doçura. Tem aroma torrado, que lembra o café. Por fim, a Weiss – cerveja de trigo – também agrada em cheio.

Hora de harmonizar
A bebida e o prato não podem brigar nem roubar a cena um do outro. Receitas delicadas devem ser acompanhadas por cervejas de sabor igualmente sutil. Preparações mais fortes pedem uma opção cheia de personalidade. Eis alguns exemplos:
A Pilsen, por exemplo, combina bem com alimentos mais leves. Aperitivos como queijo, azeitona e mandioca são boas pedidas, assim como petiscos (castanha, amêndoas, amendoim, nozes).

Já a IPA, por sua vez, harmoniza melhor com alimentos bem temperados e, até mesmo, gordurosos. É uma boa pedida para acompanhar um churrasco (bisteca, costelinha suína e bovina, alcatra, linguiça e outras carnes). Já as Weiss podem combinar desde comida mexicana bem apimentada até saladas leves e comidinhas de boteco.

Enquanto isso, a Stout, preta de origem inglesa, harmoniza com chocolate, mas também não causa estranheza junto de um queijo gorgonzola ou presunto cru.

Etiquetas
Ver mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Navegação off-line