CategoriasSaúde
Não perca

Outubro Rosa: conscientização e prevenção são fundamentais

Além de exames periódicos, manter um estilo de vida saudável faz a diferença

A fitinha no peito tradicional do Outubro Rosa, os monumentos iluminados, o apelo aos exames. Tudo isso converge para um único propósito: a saúde da mulher. Pois o Outubro Rosa, que alerta para o perigo do câncer de mama, é uma realidade em todo o mundo. Mas você sabe como tudo começou?

Aliás, o movimento de conscientização teve início na década de 1990. A iniciativa partiu da Fundação Susan G. Komen for the Cure, nos Estados Unidos. Na ocasião, um evento chamado “Corrida que Cura” levantou recursos para pesquisas realizadas pela instituição.

Já no Brasil, a primeira iniciativa ligada ao Outubro Rosa ocorreu em 2002, em São Paulo. Na data, a ação aconteceu no Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista, no Parque do Ibirapuera. Pois não demorou para que vários espaços públicos e privados passassem a adotara a cor rosa em outubro. Portanto, a busca pela conscientização virou regra.

Tamanha mobilização em torno do câncer de mama tem justificativa em números. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) indicam que 59.700 novos casos serão confirmados em 2019.

CONFIRA TAMBÉM: Tudo o que você precisa saber sobre tratamento de canal

A importância dos exames

O câncer de mama é o segundo tipo que mais aflige mulheres no País, algo em torno de 25% de todos os casos do sexo feminino. Vale destacar que a detecção antecipada dos tumores é essencial para um tratamento eficaz. Pois o Ministério da Saúde preconiza que a mamografia de rotina seja realizada uma vez a cada dois anos entre os 50 e 69 anos.

O autoexame

Aliás, ninguém conhece melhor o próprio corpo do que nós. Por isso, o autoexame é arma fundamental para as mulheres na detecção precoce de alguma anomalia. Aqui, o objetivo é a percepção de alterações, como nódulos nas mamas e axilas, secreções pelos mamilos, entre outros sintomas.

Portanto, fica a dica: o autoexame deve ser mensal para as mulheres a partir de 21 anos, uma semana após o período menstrual. Nessa fase, as mamas apresentam maior flacidez e estão indolores. Para quem está na menopausa, o correto é definir um dia do mês para o teste.

Vida saudável

A preocupação com o câncer de mama é um aspecto importante da saúde da mulher. Mas há outros que passam por um estilo de vida saudável, com exercícios, alimentação balanceada e controle periódico dos índices por meio de exames, por exemplo.

Com isso, o Vigilantes do Peso vai muito além do cuidado com a balança. Afinal, propõe um estilo de vida saudável e inspira mudanças positivas e duradouras. O programa, aliás, oferece ótimo preços para participantes do Km de Vantagens.Com 250 Km, dá pra obter tanto 40% de desconto no Plano Digital nos primeiros três meses como no Plano Workshop pelo mesmo período.

Já as avaliações constantes de como anda a saúde podem ficar a cargo dos laboratórios parceiros Km de Vantagens espalhados pelo País – 250 Km por 25% de desconto nos exames. Tem no Nordeste (Cerpe, Gaspar, Gilson Cridim, Labpasteur e Image), Centro-Oeste (Atalaia, Cedic/Cedilab e Exame) e Sul (Alvaro, Frischmann Aisengart, Ghanem, Santa Luzia e Lamina). Além de Rio de Janeiro (Alta, Bronstein, CDPI, Lamina, Multimagem e Sergio Franco) e São Paulo (Alta, Cytolab, Delboni, Deliberato, Labsim, Oswaldo Cruz, Lavoisier, Previlab, Salomão Zoppi e Vital Brasil).

Ver mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Navegação off-line

Fechar