CategoriasSaúde

Novembro Azul: prevenção é arma contra o câncer de próstata

Campanha destaca a importância da prevenção para combater o problema

Azul é a cor do mês de novembro, o penúltimo do ano. Com a sua chegada, também ganha atenção a campanha mundial de prevenção contra o câncer de próstata. Pois a doença que atinge milhares de homens entra no centro do debate graças ao Novembro Azul.

A origem

Não é de hoje que se fala em câncer de próstata. Afinal, o movimento nasceu na Austrália, em 2003, com o nome de Movember, por ocasião do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado em 17 de novembro.

Um assunto necessário

Falar sobre o assunto é extremamente importante para auxiliar na conscientização sobre a importância da prevenção, acabando com qualquer preconceito com relação à realização do exame. Aliás, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que, ente 2018 e 2019, serão diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata no Brasil.

Aqui, as principais vítimas são homens mais velhos. Para se ter uma ideia, seis em cada 10 casos são diagnosticados em homens acima de 65 anos.

Mas, o que é a próstata?

Essa glândula exclusiva dos homens é responsável por fabricar o líquido que protege os espermatozoides. Em jovens, a próstata tem o tamanho de uma noz, mas ela aumenta com o passar dos anos.

O problema

No estágio inicial, o câncer da próstata evolui sem alarde. Dessa forma, há quem não apresente sintoma. Entretanto, posteriormente pode provocar até mesmo insuficiência renal. Por isso, a importância do diagnóstico precoce.

Aqui, existem alguns fatores de risco. A probabilidade de ocorrência do problema cresce após os 50 anos. Além da idade, é necessário ficar atento também com possíveis casos na família.

Diagnóstico precoce

Detectar o câncer o quanto antes é vital para obter uma melhor chance de tratamento. Dessa forma, os homens devem procurar periodicamente um médico e, assim, realizar os exames necessários.

Tratamento

O estágio do problema interfere diretamente no tratamento necessário, que pode ser cirúrgico ou até mesmo a radioterapia. Aqui, é importante novamente destacar a necessidade de procurar um médico. Afinal, esse é o profissional que conseguirá diagnosticar e, assim, ajudar no combate à doença.

Cuidado com a saúde

Aliás, campanhas como o Novembro Azul e o Outubro Rosa despertam uma necessidade tão óbvia quanto, por vezes, esquecida: cuidar permanentemente da saúde. Seja por um estilo de vida saudável ou o acompanhamento periódico por meio de exames, todas são armas para viver mais e melhor.

Com isso, os exames laboratoriais são parte desse processo. E muitos laboratórios são parceiros do Km de Vantagens, oferecendo descontos na troca por Km. Aqui, a lista é grande e tem diversas opções por todo o Brasil.

Dessa forma, tem no Nordeste (Cerpe, Gaspar, Gilson Cridim, Labpasteur e Image), Centro-Oeste (Atalaia, Cedic/Cedilab e Exame) e Sul (Alvaro, Frischmann Aisengart, Ghanem, Santa Luzia e Lamina). Além de Rio de Janeiro (Alta, Bronstein, CDPI, Lamina, Multimagem e Sergio Franco) e São Paulo (Alta, Cytolab, Delboni, Deliberato, Labsim, Oswaldo Cruz, Lavoisier, Previlab, Salomão Zoppi e Vital Brasil).

Etiquetas
Ver mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Navegação off-line

Fechar